Sexologia com Amor

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Sexualidade Feminina

A Sexualidade Feminina

E-mail Print PDF

Do ponto de vista biológico, basicamente, o que diferencia a mulher do homem, seria apenas seu Aparelho Reprodutor. Na realidade, o papel sexual é muito importante, tendo em vista o papel desempenhado nos estados intersexo. É importante salientar que durante a formãção da Identidade Sexual é que se apresenta o ser feminino ou o ser masculino.

A socialização dá-se principalmente nos primeiros dois a três anos de vida, na escola e na família. As trocas sâo de valor psicológico intenso e o processo de sexualização se estabelece. A Orientação Sexual estabelece o termômetro exato do ser instintivo que (ainda) é a mulher . A busca do prazer, a oportunidade de criar trocas sexuais e a realização dela com o outro traz consigo a oportunidade de se expandir. Infelizmente, com a ignorância sexual surge a mulher de hoje - mãe adolescente e solteira.

O que parecia apenas prazer, vira fardo. Mas mudanças ocorridas desde o final da era passada, do século passado, a adolescente grávida não é seguramente uma prostituta. Ela pode consegui se recuperar e, se teve a opção entre ser mãe e abortar, o escolhido, ser mãe foi apropriado , no lugar de um aborto.

No Plano sexual a mulher, achatada pelo seu parceiro na ainda comum, posição papai-mamãe, deve fazer como Lilith o fez: ficar por cima é melhor. E mais fácil de conseguir. Já se masturba em proporção quase igual ao homem, a sexualidade para ela, universitária nâo é mais problema, pelo menos, grande parte se masturba e outra parte gostaria de experimentar. O Consultório ainda ela espera com receios mas é deixada sem pai nem mãe pelo parceiro, 'as vezes.

Socialmente “aceita” , a Prostituição passa por um processo diferente. A maioria das Meninas de Programa agem assim, porque ganham mais do que trabalhar no comércio. Os motéis têm esse tipo de complementação. A camisinha algumas vezes é usada. Em ambiente patriarcal, dir-se-ia machista, a camisinha feminina não foi bem aceita. Mas o HPV – Vrua do Papiloma Humano, provavelmente está aumentando sua prevalência.

A Infidelidade masculina está sendo retribuída quase de igual para igual. É o Feminismo penetrando até em camadas sociais mais baixas.

O Programa Brasileiro de Combate ‘a AIDS no papel é muito bom, se fosse bem praticado seria por camadas culturalmente mais bem capacitadas.

O TESÃO SERIA MAIS CONTUNDENTE QUE A INTELIGÊNCIA E O COMPORTAMENTO?

As Lésbicas já assumem sua condição em público, coisa que os homossexuais masculinos já fazem há muito tempo.

A igualdade com o homem já e mais importante que o matriarcado.

A Violência dirigida ‘as mulheres têm uma crescente preocupante. A Violência sexual, o abuso sexual tem acontecido cada vez mais e o inverso raramente ocorre. Escândalos pedofílicos surgem na Imprensa, mas sua incidência é maior porque a maioria não conta a ninguém os casos de estupros domésticos.

O divórcio é outra preocupação. Há quem prefira, depois de anos de casamento, uma pensão alimentícia.

Mas o ser mulher, assim como o ser homem, deve tentar nunca perder a auto-estima, que é fundamel para a convivência com consigo mesma e com o próximo.

O amor será superior a isso tudo?

Que não sejamos escravos das paixões e sim comandantes dos nossoos destinos.

Last Updated on Monday, 04 October 2010 20:22